A realidade virtual chegou! Mas quais os melhores jogos para PSVR que eu já posso jogar?

Pensando nessa pergunta, elaboramos uma seleção dos melhores jogos para PSVR, dentre todos já lançados. Com ela na mão, ficará mais fácil na hora de você decidir quais games irá comprar.

A era dos games em realidade virtual se iniciou em outubro para a Sony, foram anos de desenvolvimento até que o esperado Playstation VR chegasse as lojas. Com esse lançamento, a realidade virtual efetivamente começa a chegar na casa das pessoas, pois o menor custo e a compatibilidade com o PS4 – que já tem 40 milhões de unidades vendidas – facilitará o acesso para muita gente.

Existem dezenas de jogos já disponíveis para o PSVR, desde experiências gratuitas a games desenvolvidos com exclusividade para a realidade virtual. Reunimos nessa lista os 7 melhores jogos para PSVR que você pode jogar agora! Importante frisar que não incluímos na lista os games gratuitos, mas tem muita coisa boa por lá também, não pense duas vezes antes de pesquisar e baixar.

Os melhores jogos para PSVR estão listados sem nenhuma ordem particular (a nossa nota de avaliação geral pode ser vista ao lado do título) e alguns títulos impressionantes foram deixados de fora, mas também mereciam estar nessa lista –  bom… tínhamos que escolher o top 7!

RIGS: Mechanized Combat League (3.5 / 5.0)

Um combate multiplayer a bordo de robôs armados até os dentes, em uma disputa em uma arena esportiva futurista é o que oferece Rigs: Mechanized Combat League.

O game, que é exclusivo para o Playstation VR, se mostra como o título em realidade virtual que conseguiu entregar a mais intensa e acelerada experiência “shooter multiplayer”, algo que você não irá encontrar em nenhum game ou headset VR.

O game combina, em um Unreal Tournament, a ação intensa dos jogos esportivos com o combate de criaturas mecanizadas pilotadas por gamers do mundo todo. É um espetáculo em uma liga esportiva futurista.

Rigs: Mechanized Combat League carece um pouco de conteúdo não-competitivo, no entanto essa ausência é compensada pela profundidade e amplitude dentro de seus modos de jogo. A variedade de maneiras para explodir os adversários, assim como a diversidade dos próprios mechs, torna o jogo uma experiência viciante.

O desenvolvedor já prometeu que mais mapas, mechs, habilidades, modos de jogo e funcionalidades estão previstas para os próximos meses, garantindo que o game vai ter o suporte que merece.

Until Dawn: Rush of Blood (3.5 / 5.0)

Until Dawn: Rush of Blood é um game em primeira pessoa de tiro estilo arcade. Ele é baseado em personagens e imagens da história de horror interativa lançada em 2015, que carrega o mesmo nome do game.

O jogo, que tem o ambiente sombrio e o suspense como pano de fundo,  transcorre através de um trilho de montanha-russa, que percorre um parque de diversões mal assombrado, bem como outros ambientes tenebrosos, todos recheados por zumbis, criaturas estranhas e palhaços do mal.

Until Dawn: Rush of Blood exibe um excelente nível de imersão, tendo a jogabilidade e a precisão dos movimentos durante a manipulação das armas como pontos muito positivos.

Leia o review completo!

EVE: Valkyrie (4.0 / 5.0)

Eve Valkyrie é um jogo de combate espacial que foi desenvolvido exclusivamente para a realidade virtual e reúne inúmeras  virtudes, especialmente se considerarmos que ele é um dos pioneiros na nova tecnologia. Os detalhes da nave, o lançamento ao espaço, os cenários deslumbrante e uma pilotagem bem elaborada e com boa reposta somam-se nesse título que irá conquistar muita gente.

O game exibe diversos modo de jogo, desde missões solitárias à combates multipayers – que possivelmente irão se tornar o ponto mais forte do título.

Eve Valkyrie é uma experiência definitiva, é um game que encanta e reforça ainda mais as expectativas para o que está por vir nos games em realidade virtual.

Leia  review completo!

Robinson: The Journey (3.5 / 5.0)

Com um foco diferente dos jogos de ação tradicionais, Robinson: The Journey exibe uma possibilidade única para se explorar um planeta desconhecido, majestoso, cheio de perigos e criaturas incríveis.

Você irá jogar com o personagem que dá nome ao game, Robin, que aterriza por acidente nesse planeta povoado de dinossauros. Junto ao seu inseparável robô companheiro “AI” e alguns outros aliados que são conquistados durante a trama, você vai poder explorar e desvendar os segredos deste incrível planeta.

O jogo exibe um ritmo lento, com cerca de 4 horas de conteúdo embalado por muitos ambientes para explorar, criaturas para se conhecer e escapar, quebra-cabeças para se desvendar, além de muitos itens colecionáveis.

Robinson: The Journey é um jogo para se “isolar”, escapar do frenesi dos games tradicionais, é um game para quem sabe apreciar os detalhes, as vistas deslumbrantes e conhecer com tranquilidade um mundo novo.

Leia o review do jogo

Thumper (3.0 / 5.0)

Um veículo futurista que parece uma barata? em um cenário psicodélico futurista? mas…. Confie em mim – você precisa jogar Thumper . O game é tão difícil de se descrever que o trailer e as imagens não fazem justiça ao que ele realmente é.

Simplificando, jogar Thumper é uma experiência ímpar, visualmente cativante e algo que você não encontrará em outro jogo no mercado.

Driveclub VR (2.5 / 5.0)

Provavelmente o nicho “corrida de carros” seja o que experimente as maiores possibilidades de imersão nesse momento da realidade virtual. As ferramentas estão aí, o volante, o câmbio, os pedais, a posição assentada, somado à capacidade da realidade virtual te colocar no cockpit de qualquer carro – temos a receita perfeita da felicidade.

Talvez por isso Driveclub VR entrou nessa lista, apesar de exibir um fator importante que me fez tendencioso a retirá-lo, sem pensar duas vezes.

O game tem suas virtudes – o visual é bem trabalhado, muitos circuitos e veículos para escolher e pilotagem razoável – no entanto, colocar o PSVR sobre a cabeça e iniciar a condução de um dos carros é uma fonte certa de náuseas e enjoo, o que torna insuportável permanecer ao volante. É um problema descrito para vários games, principalmente nas fazes iniciais de desenvolvimento da realidade virtual, e que foi corrigido para a maioria deles. Parece que em Driveclub VR não.

Battlezone (3.0 / 5.0)

Em Battlezone você está atrás dos controles de um tanque futurista na renovada e revitalizada Battlezone. A série fez sua estréia décadas atrás, quando os jogos eram meras linhas e pixels, mas agora, com o poder da realidade virtual, Battlezone está de volta com uma camada de tinta fresca e com a imersão 3D reforçando e conquistando novos fãs.

Apesar de não exibir gráficos fantásticos, Battlezone é uma festa da estratégia cooperativa. Se você tem alguns amigos que já possuem o PSVR esse é um game que você tem que experimentar.

Deixe um comentário: